T-SBUR2 Radar ADSB localizado em Uberaba alcance raio de 400 Km

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Achorage a cidade dos Aviões


O Alasca, que também é conhecido como A Última Fronteira, é o 49º estado dos EUA. Localiza-se num dos pontos mais remotos e inóspitos do nosso planeta, e o constante mau humor do tempo que afeta a região contrasta com suas belezas naturais. Por ali nunca será surpreendente observar um céu infinitamente azul que acaba repentinamente sendo encoberto por uma densa camada de nuvens cinzentas. Nevascas intensas, alterações consideráveis de temperatura no decorrer do dia e virga são fenômenos meteorológicos nada incomuns por aquela região. Em muitos casos é necessário ter um pouco de sorte para conseguir encontrar um dia com tempo adequado para as inúmeras coisas que podem ser feitas pelo seu território. Utilizando as expressões empregadas pelos alpinistas, o “ataque ao cume” deve ser feito somente numa determinada ”janela de tempo”, caso contrário, o insucesso da empreitada é considerável.



O lago Hood é a base de hidroaviões maior e com mais tráfego aéreo do mundo e está ao lado do Aeroporto internacional de Anchorage. Os 90% do território do Alasca só é acessível por avião o inverno. Quando o e tem a maior taxa do mundo de aviões por cabeça. O lago em si é muito lindo, e há vários parques onde você pode passear e desfrutar das vistas. O lago se usa como estacionamento para aviões durante todo  o ano e no inverno, quando o lago se congela se aviões muda as bóias dos aviões por rodas e se usa o lago como uma pista de decolagem e pouso. Aqueles que mantêm seus aviões no lago também tem cabines  que decoram e dá um toque original no lago